Marketing e Celebridades uma fórmula de sucesso e incertezas!


O uso de personalidades midiáticas que se destacam em áreas tão díspares, porém populares, como esporte, televisão e negócios em estratégias de marketing e comunicação é sempre uma jogada de altíssimo risco.

Vejamos dois casos de empresas que associam as suas marcas a grandes personalidades.

O primeiro caso é o da montadora alemã Audi e o inglês David Beckmam.

A montadora Audi negociou com o clube Real Madrid para ceder alguns dos seus carros no intuíto de levar o Jogador “Midas” apenas do Aeroporto de Madri até a sede do clube Madrilenho sendo televisionado para o mundo todo.
Só com esta ação de marketing a montadora obteve um retorno de exposição da sua marca na mídia o equivalente a dois anos de investimento contínuo em ações de comunicação em espaços nobres nos canais de televisão.
Além disso, a marca pode ganhar em termos de credibilidade como: competitividade, liderança, segurança, precisão, dentre outros.

O outro caso é também de outro atleta, só que esse é estrela do Golfe e não é um caso de sucesso. “Tiger Woods”

A polêmica que aconteceu com o atleta neses últimos dias todos já sabemos. Más, o nosso foco aqui é porquê as empresas “parceiras” do atleta logo sairam da jogada quebrando o contrato que mantiam com o atleta?

Empresas como Gillette, Gatorade, Tag Heuer e Accenture deixaram-lhe alegando que a imagem do atleta depois desse escandalo poderá trazer grandes perdas em termos de imagem, vendas de produtos, credibilidade entre outros.

É bom que as futuras celebridades aprendam com esses casos!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>