Luciano Huck tem participações em mais de 20 empresas.

Saudações amigos!!

Sempre ouço algumas pessoas falarem que não querem empreender porque dá muitas dores de cabeça. Mas, essas mesmas pessoas vivem reclamando dos seus patões, colegas de trabalho, do local onde trabalha e etc. E eu pergunto pra elas, sendo empregados dos outros vocês não têm dores de cabeça? Elas respondem que sim. E eu falo, então por qual motivo que você não podem ter dores de cabeça sendo donos dos seus negócios? Silencio…

Falando em ser dono do seu negócio, hoje quero mostrar um pouco do papo que Luciano Huck participou no evento de empreendedorismo da Endeavor Brasil e a Ernst & Young (EY).

O primeiro negócio que Luciano abriu foi o bar Cabral. “Foi meio sem querer. Eu gostava mesmo era de divertir as pessoas”.

Como esse bar deu certo e passou a investir em novas unidades do bar: em Maresia, Campos do Jordão e Guarujá. “A gente não ganhava muito dinheiro naquela época. Nós trabalhávamos muito, mas não ganhávamos dinheiro. Eu nunca fui um cara de número. Eu sempre fui um cara de ideia.”

Nessa época ele ainda não ganhava muito dinheiro, diferente de hoje que ele é um milionário.  Somente no ano passado o seu fundo de investimento, o Joá, registrou lucro líquido de R$ 8,6 milhões.  O apresentador tem participações em mais de 20 empresas, que vão desde academias de ginástica até o canal de vídeos do YouTube Porta dos Fundos.

“A gente investe em empreendedores que pensem fora da caixa, em negócios que eu me identifico. Investimos em quem faz a diferença: de dinheiro e ideias o mundo está repleto. O que vale é a paixão, a concentração e o foco.”

Luciano Huck acredita que os empreendedores de sucesso do futuro serão as startups que fizerem algo pelo social. Para ele, “os próximos Bill Gates” serão os empreendedores que conseguirem melhorar a vida das pessoas. “Empreender é delicioso. É muito bom você ter uma ideia, entender que essa ideia tem aderência e que vai ter gente para consumi-la”.

Fonte ; Época negócios

E você prefere ser o senhor do seu destino ou deixar a vida lhe levar?


Esta entrada foi publicada em EMPREENDEDORES. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.