Atletas empreendedores dão dicas importantes!!

Saudações amigos!!!

Como tem sido os dias de vocês?

Sabia que as pessoas que tem sucesso na vida pessoal e profissional elas não focam nos problemas, apenas nas soluções? E você, o que tem focado?

Hoje, quero mostrar algumas dicas de atletas empreendedores de sucesso.

Gustavo Borges

O nadador, que conquistou quatro medalhas olímpicas e 19 pan-americanas. Na competição de Atenas, em 2004, Borges decidiu encerrar a carreira nas piscinas. Desde então, dedica-se à rede de academias de natação Gustavo Borges e ministra palestras pelo país.

Determinação.

“Ir atrás do resultado e ter força de vontade para atingir os objetivos é muito importante”, diz Borges. Outra lição é aprender a conviver em equipe. “É preciso confiar nas pessoas que trabalham com você, tanto na vida de atleta quanto na de empreendedor”, afirma.

Fabiola Molina 

A ex nadadora da seleção brasileira Fabiola Molina, 37 anos, concilia a carreira de atleta com a de empreendedora. Ela tem um e-commerce que vende os maiôs e biquínis de sua própria marca.

Tenham um objetivo.

“Um esportista pode querer ir para as Olimpíadas. O que fazer para atingir a meta? Diminuir três segundos do tempo recorde, por exemplo”.  É importante traçar uma estratégia para satisfazer as ambições. “Estipulei quantas peças queria produzir mensalmente e comecei a pesquisar técnicas de fabricação mais eficientes”.

 Nalbert Bitencourt 

Foi o primeiro jogador na história do voleibol a conquistar o título mundial nas três categorias (infanto-juvenil, juvenil e adulto). Ganhou o ouro duas vezes na Liga Mundial e uma na Olimpíada de Atenas, em 2004. Enquanto impressionava no esporte, guardava e aplicava dinheiro, pensando no dia em que abandonaria as quadras.

Nalbert hoje é sócio de um dos restaurantes da rede carioca Da Silva

O jogador transfere valores que aprendeu no esporte à carreira de empresário: disciplina, planejamento, organização, foco, liderança. “É preciso acordar e pensar: ‘trabalharei com excelência’”. E estabelece uma comparação: o atleta, mais que o empresário, tem resultados imediatos. Se não treinar e não se dedicar integralmente, será derrotado no jogo no fim de semana. 

Saber aprender a derrota é relevante.

 


Esta entrada foi publicada em INSPIRAÇÃO. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.