Daniel Alves é sócio de 5 empresas!

Saudações amigos!!

O que está atrapalhando vocês a não conseguirem tudo o que desejam? Você está dando o seu melhor, sem se preocupar com o que os outros estão dizendo sobre o que você está fazendo?

Hoje quero fazer sobre a importância de uma boa sociedade. Eu fui sócio de uma produtora cultural em que éramos 5 sócios e o processo foi bem conturbado, devido as diferenças e da ambição doentia que um dos sócios tinham pelo poder. E foi essa ganância que destruiu todo o negócio que estávamos construindo. O resultado foi bom financeiramente falando, os aprendizados fantásticos, mas hoje está cada um para o seu lado e não temos contatos uns com os outros.  

Devido a isso deixei de acreditar em sociedade? Não. Existem muitos casos de sucesso entre pessoas que se juntaram para construir um negócio e que até hoje estão juntos e felizes. Como é caso da nossa matéria de hoje!

O grande jogador da seleção Brasileira e do Barcelona, Daniel Alves tem uma sociedade de sucesso com a sua ex-mulher.

Juntos são sócios em cinco empresas: duas no Brasil, uma agropecuária e uma imobiliária, e três na Espanha: outra imobiliária, a “Cedro Esport”, que cuida da imagem do jogador, e a “Flash-Forward”, responsável por agenciar 55 atletas. Os atletas da “Flash-Forward” são, em sua maioria, jovens que atuam na Europa. A empresa se propõe a cuidar de documentação, mobília, plano de saúde, entre outros tantos fatores que facilitem a adaptação.

Ou seja, como os negócios são feitos por pessoas, quando existem pessoas que estão focadas no mesmo objetivo e respeitando-os a sociedade tem tudo para dar certo.

Eu particularmente, acho Daniel Alves um dos caras mais cheio de personalidade nesse mundo do futebol. 

Fiquem na paz e…Seja Sempre Você!


Publicado em Sobre o ser empreendedor… | Deixar um comentário

Neymar fica muito mais rico com essa copa do Mundo!

Saudações amigos!!

Tenho certeza de que você não está deixando o tempo passar sem fazer o que tem de ser feito para a realização dos seus sonhos. Correto?

Falando em sonhos, o menino Neymar vive cada vez mais uma vida de sonho financeiro que todos queremos ter.

Neymar é um dos garotos propaganda mais requisitado no mercado – isso não é novidade – e nessa copa aqui no Brasil, os ganhos com o uso de sua imagem que ele foi contratado para representar 12 marcas, desde carros, celular,cueca, artigos de higiene pessoal e materiais esportivos.  Todos esses contratos publicitário + o seu salário no Barcelona, ele está faturando apenas R$ 108 milhões. A cada novo contrato ele não recebe apenas um valor fechado, recebe uma grana todo mês durante o tempo em que a campanha estiver no ar, pelo uso de sua imagem. No ano passado ele faturou R$ 48 milhões, ou seja, menos que o dobro desse ano.

Ele vive os seus sonhos. E você quando vai viver os seus?


Publicado em MARKETING | Deixar um comentário

Se eles puderam, nós também podemos!

Saudações amigos!!

Depois de um tempo ausente aqui no Blog, devido a questões pessoais e profissionais, estamos  de volta. 

E hoje com algumas histórias mais do que inspiradoras de empreendedores que construíram as suas fortunas bilionárias depois de terem passado dos 50 anos.

Roberto Marinho, fundou a Rede Globo aos 60 anos.  Aos 90, criou o maior centro de produção da América Latina, o Projac. Três anos depois haveria outra inauguração: a do parque gráfico do GLOBO.

“Ele não tinha a menor noção do tempo. Para ele, 60 anos era igual a ter 30 num sujeito normal”, diz o filho mais velho, Roberto Irineu Marinho.

Ray Kroc, fundador do McDonald’s: até os 52 anos, Kroc ganhava a vida comercializando copos descartáveis e misturadores de milkshake. A empresa atualmente tem valor de mercado estimado em US$ 96 bilhões, de acordo com a Revista Forbes.

 

Amancio Ortega, fundador da Inditex, grupo proprietário da empresa de roupas Zara: até os 30 anos, trabalhava como ajudante em uma loja de camisas. Em 2012, chegou a ser considerado o terceiro homem mais rico do mundo, com fortuna estimada em US$ 46 bilhões.

 Mary Kay Ash, fundadora da Mary Kay, empresa de cosméticos: vendeu livros e produtos para o lar de porta em porta até montar o próprio negócio, aos 45 anos. Hoje a empresa tem um faturamento de US$ 3 bilhões, com mais de 3 milhões de vendedores em 35 países.

Qual é a nossa desculpa para não realizarmos os nossos sonhos?


Publicado em INSPIRAÇÃO | Deixar um comentário

Quem quer faz, quem não quer dá desculpas!

Saudações amigos, como tem sido os dias vocês? Os meus dias tem sido bem  interessantes, pois estou trabalhando exatamente no que me propus, o trabalho como coach – que logo mais vou mostrar aqui – e as produções pela epa!entretenimento. Certamente você também está fazendo o que gosta, correto? E se não estiver, por qual motivo?

A matéria de hoje, é sobre uma empreendedora que NÃO aceitou virar mais uma vítima da sociedade, a empresária que é deficiente física, Mirela Goi.

Mirela sofreu preconceitos desde sempre.

Quando saí da minha primeira faculdade, me deparei com um mercado totalmente despreparado. Eu trabalhava sem esperanças, pois a deficiência acabava sendo um problema dentro das empresas, tanto por falta de adaptação, como pelo preconceito. Tive o azar, ou sorte, de ter uma chefe que não me via como alguém capaz. Convivi com esta situação sem nunca desistir até ser demitida”, disse.

O que ela fez com tudo isso?

Em 2009, ela fundou a Ma Sweet Cases, uma empresa que vende forminhas de bolo. ”Encarei a realidade e vi que para me sobressair precisava travar uma batalha. Quando surgiu a oportunidade de ter meu negócio, decidi gastar toda minha dedicação em algo próprio. Acreditei que dependeria muito mais de mim do que da aprovação de chefes. E tem dado certo”

Resultados…

No ano passado, a empresa vendeu seus produtos para mais de 550 clientes, lucros de 4 mil por mês, número superado já nos primeiros meses de 2014. A meta é dobrar as encomendas a cada 12 meses. O resultado positivo se deve às redes sociais. “Meu negócio só foi possível devido à internet. Estou sempre atenta às mudanças.  Leio muito sobre novas plataformas, novas tendências”, conta. A página da empresa no Facebook reúne mais de 25 mil fãs.

Conselhos…

“As mulheres com alguma deficiência podem realizar muitas coisas. É necessário encontrar suas qualidades e se empenhar. Todos temos algo que pode ser importante para outras pessoas. Se fizerem esse algo se sobressair, nada será empecilho”, conclui.

E você está reclamando do quê?

 


Publicado em INSPIRAÇÃO | Deixar um comentário

Atletas da seleção irão ganhar até R$ 55 mil para tuitar na copa!

Saudações amigos!!

Vocês estão abrindo mão de realizar algo que a sua essência deseja muito, por conta da opinião do outro? Não faça isso!!!

Hoje vamos falar sobre comunicação através do twitter. Assim que o twitter surgiu  e foi virando uma febre aqui no país, os famosos cobravam muito caro para escrever algo sobre determinada empresa. Com a chegada do Instagram, agora eles recebem para colocar a imagem das marcas. Mas, quem pensa que o twitter está morto, se enganou.

 

A copa do mundo está chegando e com isso algumas empresas decidiram investir pagando a alguns jogadores para falarem de suas marcas, durante os jogos da copa, no twitter.

Até jogadores que não foram convocados e que apenas assistirão à Copa, como todos nós, estão lucrando com tuítes pagos. Lógico que quem está recebendo mais por cada tuitada é o menino de ouro do momento, Neymar. Ele vai receber R$ 55 mil para escrever algo sobre determinada empresa.

Ronaldinho Gaúcho já fechou com cinco empresas, David Luiz, titular, Denílson, aposentado e hoje comentarista, e Lucas, que já foi dado como certo na seleção de Luiz Felipe Scolari, mas que caiu de rendimento no Paris Saint-Germain e ficou de fora da Copa, conseguiram quatro empresas cada um.

O baixinho Bernard, mesmo com só 128 mil seguidores, pouco se comparado a outros atletas, acertou com três companhias diferentes. O lateral Daniel Alves, o zagueiro Dante, o volante Paulinho e o meia Willian, todos convocados, têm duas empresas cada um. Até Léo Moura, lateral-direito do Flamengo, e Paulo André, que deixou o Corinthians recentemente e foi para a China, deram um jeito de fechar com duas empresas cada um.

Fonte; GQ

 


Publicado em MARKETING | Deixar um comentário

Atletas empreendedores dão dicas importantes!!

Saudações amigos!!!

Como tem sido os dias de vocês?

Sabia que as pessoas que tem sucesso na vida pessoal e profissional elas não focam nos problemas, apenas nas soluções? E você, o que tem focado?

Hoje, quero mostrar algumas dicas de atletas empreendedores de sucesso.

Gustavo Borges

O nadador, que conquistou quatro medalhas olímpicas e 19 pan-americanas. Na competição de Atenas, em 2004, Borges decidiu encerrar a carreira nas piscinas. Desde então, dedica-se à rede de academias de natação Gustavo Borges e ministra palestras pelo país.

Determinação.

“Ir atrás do resultado e ter força de vontade para atingir os objetivos é muito importante”, diz Borges. Outra lição é aprender a conviver em equipe. “É preciso confiar nas pessoas que trabalham com você, tanto na vida de atleta quanto na de empreendedor”, afirma.

Fabiola Molina 

A ex nadadora da seleção brasileira Fabiola Molina, 37 anos, concilia a carreira de atleta com a de empreendedora. Ela tem um e-commerce que vende os maiôs e biquínis de sua própria marca.

Tenham um objetivo.

“Um esportista pode querer ir para as Olimpíadas. O que fazer para atingir a meta? Diminuir três segundos do tempo recorde, por exemplo”.  É importante traçar uma estratégia para satisfazer as ambições. “Estipulei quantas peças queria produzir mensalmente e comecei a pesquisar técnicas de fabricação mais eficientes”.

 Nalbert Bitencourt 

Foi o primeiro jogador na história do voleibol a conquistar o título mundial nas três categorias (infanto-juvenil, juvenil e adulto). Ganhou o ouro duas vezes na Liga Mundial e uma na Olimpíada de Atenas, em 2004. Enquanto impressionava no esporte, guardava e aplicava dinheiro, pensando no dia em que abandonaria as quadras.

Nalbert hoje é sócio de um dos restaurantes da rede carioca Da Silva

O jogador transfere valores que aprendeu no esporte à carreira de empresário: disciplina, planejamento, organização, foco, liderança. “É preciso acordar e pensar: ‘trabalharei com excelência’”. E estabelece uma comparação: o atleta, mais que o empresário, tem resultados imediatos. Se não treinar e não se dedicar integralmente, será derrotado no jogo no fim de semana. 

Saber aprender a derrota é relevante.

 


Publicado em INSPIRAÇÃO | Deixar um comentário

Se os empreendedores da música podem ficar milionários, nós também podemos!

Saudações amigos!!

Como sido os dias de vocês?  Onde é que estão colocando todos os potenciais que tem dentro de ti? Estás parado por achar que não vai conseguir? Presta atenção!!!!!

Hoje vamos falar sobre os milionários da música sertaneja da atualidade e o que eles podem nos ensinar.

Você sabia que o gênero musical mais tocado no país é o sertanejo?Pois é. Você pode não gostar, mas não tem como negar que os caras conseguem atingir resultados incríveis com o seu trabalho. E sabe o que eles estão lucrando? Milhões de reais.

Uma coisa que percebi é que os sertanejos milionários mais antigos como Chitãozinho e Xororó, Leonardo, Zezé de Camargo e Luciano e Daniel eles vêem construindo a sua fortuna de uns vinte anos pra cá. Já, os novos como é o caso do cantor, compositor e empreendedor Sorocaba – um dos jovens empresários que mais admiro no momento – Luan Santana, Gustavo Lima, Paula Fernandes, Michel Teló ficaram milionários em pouco menos de dez anos pra cá e podem ainda superar os mais antigos, no quesito dinheiro.

Obs: Cito apenas esses nomes, mas existem outros que estão milionários também  e que muitos de nós não sabemos.

O interessante é que todos investem em gados, imóveis, casas de shows, mansões em outros artistas, possuem jatinhos particulares, carros importados e tudo o que o dinheiro pode comprar.

Você pode pensar “ como é que os cantores mais jovens podem ganhar a mesma coisa ou até mais que os cantores mais antigos?”  É simples. Os tempos são outros, as pessoas estão consumindo mais, eles atingem o público jovem que “só quer saber de novidades” e que é o público que mais consome e além de tudo, a informação e o conhecimento para administrar e diversificar os investimentos estão bem mais fáceis hoje do que antigamente.

Outra curiosidade é que 90% desses artistas são todos de origem muito pobre e conseguiram através da música, ficar milionários. Ou seja, você pode não ter um talento musical como o deles, mas certamente tem talentos para criar e fazer muitas coisas que pode te dar tudo o que sonhas. Você acredita? Então vá a luta, porque o mundo é feito para os que fazem!!!


Publicado em EMPREENDEDORES | Deixar um comentário

Jovem vende o único carro para investir no seu sonho!

Saudações amigos!!

Hoje é dia de mostrar história de sucesso que nos inspira a sairmos do lugar comum para realizar os nossos sonhos.

Conheço um pouco do universo dessa história de hoje, porque faz um ano que estou malhando diariamente e sempre ouço e vejo os caras falando sobre produtos e especificamente da proteína “whey”

Quando a pessoa está disposta a visualizar oportunidades na vida, ela enxergar longe. Nesse caso, foi bem perto, uma vez que a oportunidade estava diante dele todos os dias. Mas, isso todos tem, a diferença é que pessoas como o jovem chef de cozinha Gustavo Johnson, 27 anos, elas vão lá e fazem.

Johnson, que também é um assíduo frequentador de academias, ficou entusiasmado com a ideia e criou uma linha de brigadeiros turbinados com proteína “whey”, um suplemento popular entre atletas e da geração malhação. Quando começou em 2012, vendia em média 100 potes por mês, cada um pelo valor R$ 13. Hoje, a produção chegou a 1.500, com dez revendedores, incluindo a rede Mundo Verde.

O investimento inicial na empresa veio das economias guardadas e do dinheiro da venda do carro. A ajuda do boca a boca de amigos fez com que o negócio decolasse, mas por pouco tempo. “Depois do buzz inicial, os eventos ficaram mais eventuais, sazonais”, afirma. Para expandir o escopo de atuação de sua empresa de um chef só, Johnson usou a sugestão de outro amigo, que sentia falta de sobremesas saudáveis que também tivessem suplementos alimentares.

Hoje o empreendimento está indo tão bem, que ele fez um novo investimento.Com o sucesso da linha de sobremesas, Johnson sentiu necessidade de crescer como microempreendedor. Investiu R$ 40 mil para reformar uma casa e transformá-la em escritório, uma cozinha para ampliar a produção. No futuro, quer criar um espaço para comercialização e degustação dos produtos da Chef & Você.

Johnson estuda ainda contratar mais pessoas para sua equipe, já que até agora tem feito tudo sozinho, da produção até a embalagem. “Com essa ajuda eu poderei me concentrar no desenvolvimento de novos produtos e receitas, todos ligados à alimentação saudável e suplementação”, diz. Com esse passo, o chef quer duplicar sua produção atual.

Fonte: PEGN

Quantas pessoas malham todos os dias e quantas já pensaram em fazer algum negócio nesse universo? Várias. A diferença está em quem faz!


Publicado em INSPIRAÇÃO | Deixar um comentário

Jay-z o Bilionário do entretenimento “Pense como um traficante”

 Saudações amigos!!

A história de sucesso do nosso famoso empreendedor de hoje, me ensinou MUITAS coisas.

Talvez você não tenha paciência de ler toda a matéria, mas se tiver e prestar atenção nos ensinamentos, algo pode ser mudado em sua vida.

Você sabe quem é o cantor de rapper, produtor e um dos maiores homens de negócios do mundo do entretenimento que é casado com Beyonce, Jay-Z?

Se não sabe, leia até o final e aprenda com ele!

Com um patrimônio estimado de 475 milhões de dólares em 2013, o sucesso de Jay-Z tem sido alimentado por um domínio não só da indústria fonográfica, mas por uma miríade de negócios. Fazer mais, ser mais e ver mais são temas comuns que marcam a carreira multifacetada de Jay-Z como estrela do hip-hop, executivo de moda e magnata do entretenimento.

Jay-Z canta exatamente isso na música “Diamonds From Sierra Leone” de Kanye West: “I’m not a businessman, I’m a business, man!” (“Eu não sou um cara de negócios, eu sou um negócio, cara!”)

1. Pense como um traficante

Antes de Shawn Carter tornar-se Jay-Z, ele estava vendendo drogas aos 12 anos em  Marcy Project, uma área tensa no bairro Bedford-Stuyvesant, no Brooklyn.

Mesmo que seus dias de traficante tenham ficado para trás, as habilidades que Jay-Z aprendeu durante esse tempo se refletem nele como um homem de negócios.

 Zack O’Malley Greenburg, que escreveu o livro “Empire State of Mind: How Jay-Z Went from the Street Corner to the Corner Office”, disse à CBS:

“Uma das coisas que Jay-Z trouxe das ruas para a sala de reuniões foi a ideia de que ele não ia dar a ninguém descontos em nenhuma coisa. Se uma pedra de crack era vendido por US$ 10, você não conseguiria comprá-la por US$ 9,95 – mesmo se você fosse o seu melhor amigo. Esse comportamento é algo que ficou nele ao longo de sua carreira. Ele não aceitaria de ninguém menos do que ele achava que valia”.

“Sua experiência o preparou de outra maneira, também: Quando você está acostumado a operar sob a intensa pressão das ruas, onde nada pode dar errado e sua vida está em jogo, entrar em uma sala de reuniões com um bando de caras de terno é muito menos intimidador”.

Jay-Z escreve em seu livro “Decoded”: “Quando me comprometi com uma carreira no rap, eu não estava tomando um voto de pobreza. Eu vi isso como outra atividade, que aconteceu de coincidir com os meus talentos naturais e com a cultura que eu amava. Eu era um traficante ansioso e um artista relutante. Mas a ironia da situação é que, para ser um bom traficante, realmente bom, em longo prazo, você tem que ser um verdadeiro artista também”.

2. Crie suas próprias oportunidades

Para Jay-Z, o sucesso não foi apenas saber aproveitar as oportunidades que já existem. Foi também saber criá-las. Quando começou a fazer rap, não havia gravadoras dispostas a contratá-lo, de modo que ele se associou com os amigos Damon Dash e Kareem Burke para criar sua própria gravadora, a Roc-A-Fella Records. Seu primeiro álbum independente, Reasonable Doubt, é considerado “um dos discos fundamentais do hip-hop”.

Poucos anos depois, ele cavou outra oportunidade para si mesmo na moda. Embora fosse um grande fã de empresa de vestuário italiana Iceberg Apparel, a marca não estava interessada em uma parceria. Jay-Z e Dash começaram sua própria marca, a Rocawear, que foi vendida por 204 milhões de dólares para o Iconix Brand Group.

3. Ignore as tendências

Todo empreendedor tem de saber por que está lançando um produto ou serviço específico. O que o torna diferente em comparação com a concorrência?

Jay-Z escreve em seu livro “Decoded”:

“É sempre mais importante para mim para descobrir o ‘meu espaço’ ao invés de tentar descobrir o que todo mundo está fazendo, minuto a minuto A tecnologia está tornando mais fácil se conectar a outras pessoas, mas talvez mais difícil de se manter conectado a si mesmo – e isso é essencial para qualquer artista, eu acho”.

Bono, vocalista do U2, fala sobre a peculiarmarca de Jay-Z como empresário:

“Na música, nós amamos a idéia do artista ferrado e atacado. Aquele sangramento no sótão que cortou sua própria orelha. Jay-Z é um novo tipo de artista do século 21, onde o show não é apenas as 12 notas, as batidas e um dicionário de rimas que ele tem na cabeça. É comércio, é a política, o tecido do real e  a vida imaginada”.

4. Saiba que seu negócio é sua marca

Apesar de estar envolvida em tudo, de endosso a conhaque à produção de musicais da Broadway, Jay-Z entende como um empreendimento é algo pessoal. Em entrevista à revista Men`s Health, Jay-Z disse: 

“Minhas marcas são uma extensão de mim, elas estão perto de mim. Não é como ser diretor da GM, onde não há apego emocional … Meu negócio está relacionado com quem eu sou. As roupas são uma extensão de mim. A música é uma extensão de mim. Todos os meus negócios são parte da cultura, por isso tenho de me manter fiel a tudo o que eu estou sentindo no momento, em qualquer caminho que sigo. E  torço para que todo mundo me siga”.

O papel de um executivo-chefe hoje tem mais peso do que jamais teve, por isso é importante que os empresários realmente acreditem em seus produtos e serviços.

5. Saiba para onde o dinheiro está indo

“Jay-Z tem repetidamente provado a sua capacidade não apenas de saber onde está o dinheiro, mas para antecipar aonde ele vai – ou não – estar”, escreve Greenburg na Forbes.

A combinação de indução, instinto e o timing permitiu que Jay-Z construisse um poderoso, e em constante evolução, império que define tendências, em vez de segui-las.

Como um empreendedor, você deve saber o que é tendência em seu setor, mas você também precisa ser capaz de prever quando algo vai explodir.

Quando o preço dos ingressos para shows começaram a subir, Jay-Z assinou um contrato de 10 anos com a promotora de shows Live Nation por cerca de US$ 150 milhões.

6. Procure mentores

Qualquer grande empresário sabe que você não pode fazer nada sozinho. Greenburg autor  do livro sobre Jay-Z contou à CBS:

“[Jay-Z] tende a escolher mentores, aprender tudo o que pode com eles e, em seguida, descartá-los e passar para um novo mentor. Desde cedo em sua carreira, você vê isso com Jaz-O e Damon Dash. Ele descartou mentores como estes e continuou se movendo para o ponto onde seus mentores são agora pessoas como Warren Buffett e Oprah”.

Empresários tendem a ser decididos e independentes, mas não importa como você é, você sempre pode ganhar mais conhecimento.

7. Diversifique seu portfólio

Os empreendimentos de Jay-Z abrangem um conjunto diversificado de interesses e setores, incluindo uma gravadora, linha de roupas, uma participação no time de basquete Brooklyn Nets (que ele já teria vendido), uma discoteca, uma vodka high-end, uma parceria com a Barneys New York e uma nova agência de esportes lançada em 2013.

Diversificar sua carteira é um dos mandamentos de negócios de Jay-Z, de acordo com Greenburg, que descreve essa estratégia como uma oportunidade para “fazer mais dinheiro em todos os momentos”.

Em mercados voláteis, todos os empresários devem pensar em várias maneiras de ganhar com seu negócio e sua marca. A pior coisa que você pode fazer é colocar todos os seus ovos em uma cesta e correr o risco de ter essa cesta destruída.

8.  Se não for entrar com tudo, nem entre (go big or go home)

Já se passaram quase 18 anos desde que Jay-Z lançou seu primeiro álbum com sua gravadora Roc-A-Fella. Sua perenidade foi resultado direto de movimentos de negócios inteligentes e uma busca incessante do que estar por vir.

Este legado também se deve à recusa de Jay-Z em renunciar ao seu sonho ao longo do caminho para o sucesso, não importa o que isso exigiu dele.

“Eu fui forçado a ser um artista e um CEO desde o início”, disse ele. “Quando eu estava tentando conseguir um contrato de gravação, era tão difícil conseguir por conta própria, que minha opção era desistir ou criar minha própria empresa”.

Tradução; Pedro Valadares

Se você chegou até aqui é porque tem interesses em aprender para mudar de vida. Parabéns!!


Publicado em EMPREENDEDORES | Deixar um comentário

Jovem empreendedor mentiu para conseguir realizar o seu sonho!

Saudações amigos!!

Como tem sido a caminhada de vocês até aqui?

A minha está indo bem e continuo focado nos mesmo objetivos que é contribuir com a mudança de vida das pessoas. Sendo que agora estou mais preparado para cumprir essa missão.  Acabo de me tornar um Personal e Profissional Coach, pela Sociedade Brasileira de Coaching.

O que é isso?

Coach (treinador, numa tradução Inglês) nós ajudamos você a conseguir atingir os resultados desejados focando exatamente naquilo que você deseja. É impressionante como isso tem mudado a vida das pessoas, começando pela minha!

Falarei melhor sobre isso em outro momento!

Hoje, quero falar sobre um jovem produtor e ator que teve que mentir para realizar o seu sonho, Felipe de Carolis , 24 anos.

Felipe tinha um sonho de fazer a montagem da peça Incêndios, do Libanês Wajdi Mouawad que é sucesso em vários países. Para quem não sabe, para montar uma peça de teatro ou um filme que já possui os donos dos direitos autorais, o produtor tem que pagar uma taxa e uma série de exigências para poder realizar a sua montagem.

Como todo jovem sonhador, Felipe não queria apenas fazer essa montagem, ele queria que a mesma fosse dirigida por um dos maiores diretores do país, Aderbal Freire, que fosse estrelada por Marieta Severo e ele pudesse atuar junto com ela. Só tinha um detalhe, nenhum dos dois conhecia Felipe.

O que Felipe- um jovem desconhecido – fez para conseguir os direitos da peça e convencer os dois monstros do teatro a trabalharem com ele?

Primeiro, ele entrou em contato com o Libanês Wajdi Mouawad e mentiu para ele dizendo que Marieta Severo e Aderbal já estavam certos no projeto e que já estava tudo encaminhado. Depois disso e uma boa negociação ele consegue comprar os direitos. Agora vem a segunda parte, convencer aos dois a participarem da peça.

Alguma dúvida de que ele iria conseguir? Conseguiu e hoje a peça é super premiada e Felipe abriu as portas para o seu trabalho.

Detalhe; Ele nunca tinha produzido nada antes disso e apenas um atuava.

Ou seja, Felipe correu riscos seriíssimos mentindo para atingir o seu objetivo e não parou diante das dificuldades que teve. Mas, ele fez algo consciente e que apenas ele poderia ser o prejudicado se por a caso desse tudo errado.  

“Foi uma atitude louca, mas valeu à pena. Quando vejo os dois do meu lado, penso que faria tudo de novo”, diz.

Quem quer faz e quem não quer dá desculpas!!

E você quais as desculpas que está dando para conseguir os seus objetivos?

Não consegue sozinho? Busque ajuda!


Publicado em EMPREENDEDORES | Deixar um comentário